A torre

Aquilo não podia ser normal. Desde criança, pequeno mesmo, sempre que passava pela torre onde ficava a caixa d’água, parava bem embaixo e ficava olhando para cima, para o topo, querendo adivinhar se algum dia conseguiria a subir até o alto para ver como era o mundo lá do alto. A medida que ia crescendo, … Continuar lendo A torre

Feliz 2018

O ano que termina logo mais, definitivamente foi um desastre, principalmente para quem mora no Rio. De uma forma ou outra, o bando de corruptos, incompetentes e canalhas que tomou conta do Estado nos últimos, sei lá, vinte, trinta anos, conseguiu o que parecia impossível, acabar com todos os recursos e reduzir a dignidade dos … Continuar lendo Feliz 2018

Árvore de Natal

“Dela só nos lembramos uma vez por ano, quando nos reunimos, uns poucos, em torno da árvore para acender velinhas, distribuir presentinhos, bebericar champanha. E escutar ao rádio o sr. presidente da República discursar para pedir ao povo brasileiro que tenha paciência e esperança. Deus nos acuda!” Pois é, assim terminava a crônica “Árvore de … Continuar lendo Árvore de Natal

Velhice

Vinícius de Moraes (1933) Virá o dia em que eu hei de ser um velho experiente Olhando as coisas através de uma filosofia sensata E lendo os clássicos com a afeição que a minha mocidade não permite. Nesse dia Deus talvez tenha entrado definitivamente em meu espírito Ou talvez tenha saído definitivamente dele. Então todos … Continuar lendo Velhice

Fim de Ano

Lembre os mortos assassinados, enfermos, acidentados, deprimidos, mutilados, sem esperança. Lembre os infelizes que moram nas ruas, nos cortiços, favelas, saídas de esgotos, lixões, matas. Lembre as crianças magras, famintas, desnutridas, doentes, abandonadas, prostituídas, escravizadas, sem futuro. Lembre os idosos esquecidos em hospitais, asilos, apartamentos, abandonados sem remédios, sem família, sem ninguém. Lembre os desempregados, … Continuar lendo Fim de Ano