Sudoeste

Overmundo

Possivelmente você ainda não assistiu Sudoeste. E nem sabe o que está perdendo… Lançado comercialmente em 2012, é um filme brasileiro premiadíssimo: venceu o Prêmio Andrei Tarkovski no Festival de Zerkalo 2012, na Rússia, os Prêmios de Melhor Filme na opinião da Crítica e do Júri no Festival do Rio em 2012, Prêmios de melhor Atriz (Simone Spoladore) e Melhor Atriz Coadjuvante (Dira Paes), no Cinema Brasil Grand Prize 2013, em Petrópolis, RJ, Prêmio Melhor Contribuição Artística, no Festival do Filme de Havana 2011 e por aí vai.

sudoeste1Só tomei conhecimento de Sudoeste na semana passada, quase que por acaso, quando foi exibido na TV Brasil. Foram duas horas e dez minutos de encantamento e admiração. A história de Clarice, que nasce, cresce, envelhece e morre no mesmo dia, em um vilarejo perdido às margens de algum lago salgado na Região dos Lagos fluminense, é hipnótica e fica dramática com a belíssima fotografia em preto e branco e a resolução horizontal e incomum da tela, esticando as paisagens estéreis e os personagens sem futuro.

Um filme para quem gosta de cinema que faça pensar, discutir e se apaixonar. O trailer está logo abaixo e a crítica do Thales de Menezes, editor da Folha Ilustrada pode (e deve) ser lida aqui.

Para os antigos fãs de Tarkovski, uma grande descoberta.

Publicado por Carlos Emerson Jr.

Apenas um escritor (e fotógrafo).

Se junte à conversa

5 comentários

  1. Do Tarkovski eu vi Solaris e O Sacrifício. Dois filmes sensacionais, sendo que Solaris é um pouco arrastado. Anotado aqui, vou procura ver esse Sudoeste.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: