Papo nada furado

2 comentários sobre “Papo nada furado”

  1. Caro, Carlos, saudade da sua presença. Aqui do Tocantins, por vezes ainda me sobra tempo para me inspirar e alimentar o senso crítico, com as sempre bem colocadas palavras de um escritor dos nossos tempos. Tempos esses cheios de desafios. Um grande abraço à você e sua família.

    Curtir

    1. Minha querida Luzênis, saudades também! Mas fico muito feliz sabendo que consigo interessar (e inspirar?) uma ótima jornalista, mesmo com quase cinco mil quilômetros de distância. Obrigado e um abração (extensivo ao maridão). 😉

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s