Palacete São Cornélio

11 comentários sobre “Palacete São Cornélio”

  1. É triste mesmo ver patrimônios que representam nossa história se deteriorar assim. Nossa sociedade não consegue enxergar o valor desses imóveis e acham que tudo não passa de “velharias”. Que diferença dos patrimônios europeus que preservam e se orgulham do que têm. Vamos acordar!

    Curtido por 1 pessoa

  2. A Santa Casa poderia vender para quem pudesse realmente reformar. Não entendo da Lei dos Tombamentos, mas parece que muitos prédios ficam ali parados até caírem de tudo e aí serem vendidos pelos proprietários.

    É uma lástima um prédio como esse estar assim. Ainda mais num bairro como a Glória: charmoso e próximo ao Centro. Seria um ótimo Centro Cultural!

    Conte comigo na reclamação! Não tenho as lentes de um fotógrafo, mas gosto de promover o Turismo Urbano.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Até onde sei, Valéria, a Santa Casa não tem interesse algum em passar esse bem adiante. Aliás, o Palacete estava alugado para uma empresa de saúde (a ideia era instalar um hospital lá) que durante 5 anos não pagou nenhuma vez o aluguel, sendo despejada judicialmente em 2010. E o abandono continua. Obrigado pela força, vamos fazer barulho para ver se algum órgão cultural do governo (qualquer um) se interessa e não permita que essa preciosidade vá ao chão. Um abração.

      Curtir

  3. Concordo com as indignacoes das pessoas em relacao ao estado em que se encontra o palacete. O Rio de Janeiro sera sempre a capital cultural e aristocratica do Brasil. Neste sentido, urge que os poderes publico-privados alavanquem mecanismos para que as familias adquiram estes imoveis e os restaurem, passando inclusive a residir neles, ao inves de fixarem residencias em edificios luxuosos, mas que nao tem aquela personalidade impactante gerada por predios seculares. Pergunto por que os nossos endinheirados, artistas, profissionais bem sucedidos, desportistas famosos, empresarios nao se unem para restaurar estas joias, para que seus filhos possam crescer e viver num ambiente culturalmente rico, e nao naqueles edificios todos parecidos, mais parecidos com jaulas que vemos na zona sul carioca e em outras cidades brasileiras, virando as costas para um acervo belissimo que se formou ao longo dos seculos. Do Solar Santa Rita de Cassia, Quarai-RS.

    Curtir

    1. Perfeito e oportuno comentário, Marcelo. O abandono desse patrimônio inestimável de nossa história talvez seja reflexo do imediatismo ou até mesmo ignorância da sociedade brasileira, o que é uma pena. Obrigado pela participação e um abraço.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s