Era uma vez um eucalipto

13 comentários sobre “Era uma vez um eucalipto”

  1. Pena!!! Pena mesmo, meu caro Carlos Emerson… Muita falta de transparência, falhas de comunicação, por parte do Poder público, num mundo em que a informação é, hoje, uma moeda de grande valor. Me parece cada vez mais que essa situação é deliberada por parte da autoridade (ou seria autoritário?), exatamente para confundir ainda mais a opinião pública, dividindo-a e, com isso, tirando algum “partido”… Nova Friburgo, você que a conhece, sabe muito bem, não merece isso. Não merece esse tratamento. Não merece ter no seu comando, um gestor insensível que não tenha condição de entender a alma friburguense.. Mas como dizem que o Governante é reflexo da população que o elegeu (embora nem em tanta maioria assim), POBRE POVO!!! POBRE NOVA FRIBURGO!!

    Curtido por 2 pessoas

    1. Perfeito, meu caro amigo. E espero que esse lamentável e desnecessário episódio da Praça coloque um pouco de bom senso na cabeça de nossos governantes. Eu sei que é pedir demais, mas não custa nada acreditar. Obrigado pelo oportuno e ótimo comentário e um abração.

      Curtir

  2. Eu a partir desse massacre fiz um alerta a estupidez da solução mais fácil:
    https://cadeiranteemprimeirasviagens.wordpress.com/2015/02/05/tente-preservar-a-arvore-em-vez-de-logo-abate-la/

    Olhem esses troncos! Onde que essas árvores estão doentes? Um absurdo!

    Friburgo tinha dado um belo exemplo com os Vereadores entregando/devolvendo aos cofres públicos o montante que economizaram… Pelo jeito o Prefeito já tem destino para essa verba…

    Solidária na tristeza!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Que tristeza saber que isso está acontecendo em Friburgo, cidade tão querida. Testemunho aqui no Japão o amor e o respeito às árvores, tratadas com cuidado e carinho. Tomo a liberdade de colocar o link de um post que escrevi sobre um projeto maravilhoso de desenvolvimento sustentável e amor à natureza que presenciei, poderia servir de exemplo em tantos lugares do Brasil… Não para nós, mas para nossas crianças | Miscelânea

    http://tokyorio.com/2014/11/15/nao-para-nos-mas-para-nossas-criancas/

    Curtido por 3 pessoas

  4. Que pena e que crime maldito. Isso ocorre pela força do poder que nós damos quando vamos as urnas e elegemos fulano por ser ídolo de nosso time, ou ciclano, por dizer ser médico ou amar animais, enfim, existem centenas de contos mirabolantes que ouve-se dizer mas ninguém se dá ao trabalho para saber de fato quem é. O que ocorre? Simples é como colocarmos nossos filhos para brincar em uma piscina cheia de crocodilos.
    É com esse tipo de atitude que vamos devorando tudo a nossa volta até um dia onde começaremos a devorar com mais voracidade a nós mesmos e este dia está breve. 😦

    Curtido por 2 pessoas

    1. Sergio, se é sobre aparecer foto nos comentários… Abre uma conta no Flickr. Poste-a lá. E depois é colocar o link nos comentários em Blogues do WordPress que ela irá aparecer.

      Aprendi essa há pouco tempo com meu amigo Kambami 🙂

      Se não por esse motivo… Me desculpe pela intromissão!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s