Frio carioca

4 comentários sobre “Frio carioca”

  1. Carlos, ler seu texto é uma experiência única. Parece até que consigo ouvir você falando sem nem mesmo ter ideia de como é sua voz. Mas que ela se sobressai através de suas linhas, é uma verdade. Adoro e quer saber? Cariocas, curtam mesmo essa pausa no calor com muito fondue, casacos, lareira e tudo o mais que possa aproximar as pessoas. O frio tem disso.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Roseli, olha só que curioso: temos um apartamento em Nova Friburgo, na serra fluminense, uma das cidades mais frias do Brasil (só neste ano já ficou com o primeiro lugar três madrugadas no mês de junho) e, é claro, morremos de frio. Mas lá temos aquecedores em todos os cômodos, lareira e muitos, mas muitos casacos. Aqui no Rio, quando a gente precisa de um casaco não sabe onde ele foi parar, se acha ele está cheio de mofo ou velho e puído por falta de uso. As casas não tem calefação e os pisos são de cerâmica. Ah sim, já ia esquecendo da umidade natural de quem fora a beira do mar. E está aí a receita para se sentir que nem um pinguim, numa cidade que no verão entrega 50º de sensação térmica. Gosto muito de frio, você não sua, fica mais sociável, sei lá. Um abração e curta bem o inverno.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s