A bicicleta

3 comentários sobre “A bicicleta”

  1. Sim,mas durante nossa breve vida consciente, não necessariamente estamos todos nós procurando por respostas. Alguns se satisfazem apenas com o que são sem nem mesmo perceberem o que poderiam ser. Entendem talvez que suas vidas são de fato passageira e que não valha a pena torna-la diferente.
    Um Mestre porém em sua atitude reflexiva, não procura ser discípulo, pois já o foi o tempo necessário para encontrar suas respostas e trilhar sua decisão, acredito que o que lhe resta de fato é provar de suas escolhas, não para indicar caminhos aos seus discípulos mas sim para dar a eles o argumento de como buscá-lo. Abraços Carlos! 😉

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s