Quase uma rima

Por que a gente não se fala mais? Tem tanto tempo que não ouço sua voz que quase não lembro se era fina, rouca ou alta. Seus olhos, ainda são azuis? Não, eram castanhos, não é mesmo? Ou seriam pretos? Seus cabelos já estão brancos? Soltos, compridos, bonitos? Ou curtos, sóbrios e delicados, como eu gostava? Caramba, o tempo passa e sua imagem nas minhas lembranças ainda são aquelas, de tantos anos já passados. Sabe, morro de medo de perde-las também. Puxa vida, por que você foi embora? Será que você já me esqueceu? Eu ainda te amo. Muito.

Publicado por Carlos Emerson Jr.

Apenas um escritor (e fotógrafo).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: