Uma terça qualquer

Foto: Carlos Emerson Jr.

Uma terça qualquer. Fria, nublada, mal humorada. Sair debaixo dos cobertores foi um sofrimento. Seis horas da manhã. Ligou o aquecedor do quarto no máximo, abriu o chuveiro com á água o mais quente possível e ficou sentado na beira da cama, ainda sonolento, esperando o vapor sair do banheiro. Tomar banho a essa hora, com frio, é um pé no saco!

Uma terça qualquer. Abriu o e-mail no celular para saber as novidades, leu a primeira manchete e jogou o aparelho no travesseiro. Pensou que se o dia ia pelo mesmo caminho das notícias, o melhor a fazer seria voltar para a cama. Um profundo desânimo tomou conta de todos os seus sentidos. Não tem saída, nada mais tem saída neste país.

Levou um susto. O vapor da água quente do chuveiro tinha tomado conta do quarto inteiro, agora sim, dava pra encarar um bom banho quente, daqueles inesquecíveis. Tirou os dois pijamas, abriu a porta do box, regulou a intensidade da água fria para não morrer queimado embaixo da ducha, colocou a cabeça debaixo da água que escorria e escorregou feio, batendo a cabeça com força no piso molhado.

Não sentiu dor, não conseguiu mexer um dedo sequer. Sabia que era o fim mas, ao invés da sua vida passar toda diante dos seus olhos, fixou o que restava da sua consciência na água quente da ducha, que abraçava e esquentava seu corpo inerte no chão. Aquilo sim, não tinha preço, custou a perceber que era a mesma sensação perdida de estar no útero de sua mãe. Tentou sorrir, fechou os olhos e simplesmente morreu.

Publicado por Carlos Emerson Jr.

Apenas um escritor (e fotógrafo).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: