Vendeu a alma e não foi ao teatro

Foto: Carlos Emerson Jr.

Platéia e palco vazios. Uma sensação de abandono e desesperança ocupam os lugares esquecidos, coxias às escuras, camarins desertos, bilheterias fechadas. Ninguém vai aparecer para apresentar um espetáculo que ninguém assistirá. Infelizmente acabou, c’est fini.

Este post é dedicado a alguns colunistas da imprensa (eles sabem quem são) que, por motivos diversos, perderam todo o sentido, todo o conteúdo, toda a alma e, é claro, toda a honestidade. Meus sentimentos.

Almas

Foto: Carlos Emerson Junior

Alma em suplício,
alma de médico,
alma no lodo,
alma morta.

Almas rebeldes,
almas pecadoras,
almas em chamas,
almas em fúria.

Mercador de almas,
conflitos da alma,
suplício de uma alma,
tempestades da alma.

Uma alma livre,
inverno da alma,
corpo e alma,
além da alma.

Essas almas são filmes,
apenas antigos filmes.
Mas, cá entre nós,
estariam mesmo falando de almas?